8 de set de 2013

Entrevista com a atriz GABRIELA SPANIC,da novela A USURPADORA !



Reprisada pela quinta vez no Brasil, a novela "A Usurpadora" parece ser mais um daqueles casos de sucesso mexicano eterno, como o "Chaves" e "Carrossel"..
. Na vida real tem uma irmã gêmea, Daniela. Também na vida real protagonizou um caso digno de folhetim. Em 2010, Gaby, como é conhecida no México, contratou como assistente pessoal a argentina María Celeste Fernández Babio, de 24 anos. A moça teria então iniciado um plano diabólico para envenenar a atriz e sua família.
                                   GABRIELA SPANIC COM O FILHO GABO !
A história começou quando Norma Josefina Utreta de Spanic, mãe da atriz, percebeu que ela, sua filha, seu neto Gabriel e Lorena Cruz Camacho, a babá da criança, sofriam de vertigem, vômitos, constipação, incapacidade de urinar, dores de cabeça e abdominais, calafrios, sudorese, fraqueza geral e oscilações de pressão. Ao procurarem um médico, foram informadas de que todos, exceto a assistente, estavam contaminados com altas doses de cloreto de amônio.
Denunciada, María Celeste ficou dois anos presa, mas no fim do ano passado conseguiu sua liberdade graças à ajuda de outra atriz, Carmen Salinas, que, segundo Spanic, "sempre a odiou" e pagou os melhores advogados para defender María Celeste. Não bastasse tudo isso, agora a ex assistente acabou por estrear sua primeira novela na TV mexicana.
"Essa moça tentou matar nove pessoas, foi diagnosticada como psicopata, mas mesmo assim a libertaram. A Justiça no México é muito ruim", disse a atriz em entrevista a MAURO CARRARO FRANCISCON DA MF ASSESSORIA , cuja íntegra você lê a seguir:

                                          Ao lado de Gaby Spanic em São Paulo !

Aqui no Brasil as vilãs são sempre as estrelas das novelas. Em "A Usurpadora", acontece o mesmo. Os telespectadores amam a Paola Bracho. Por que você acha que essa personagem exerce tanto fascínio?
Minha diretora da época dizia para mim que Paola tinha que ser sensual, ter humor negro, ser divertida, que minha voz teria que exalar sensualidade. Que ela tinha que emanar sexualidade pelos poros, que deveria andar como se flutuasse pelos ares. Provocativa, mas ao mesmo tempo descarada e cínica. Paola Bracho é um ícone da história da TV mexicana. Porque é muito fresca, e eu a fiz muito afetada no modo de falar. Ela destacava muito as vogais, porque quando se faz isso se abre muito mais a boca, e isso a tornava mais sensual ainda. A Paulina era mais comedida na forma de falar. Tanto que ela teve muitas frases que pegaram muito com o público mexicano. As pessoas repetiam: "Olááááá, traidora maldita!" ou então "Queridaaaaa! Façamos um pacto de vadias!" Era uma vilã muito sarcástica, mas ao mesmo tempo divertida. Isso que chamava tanto a atenção.
E como você gravava as cenas em que Paola contracenava com Paulina?
Eu gravava primeiro as cenas da Paola, olhando para um ponto fixo onde supostamente estaria Paulina. Tinha uma câmera fixa e depois se encaixava as duas imagens. Quando se tocavam tinha uma dublê que punha a mesma roupa, a peruca e gravava apenas os movimentos. Foi árduo. Foram onze meses de trabalho.
Você gostaria de fazer uma novela no Brasil?
Ficaria encantada se me convidassem. Mesmo que fosse para uma participação. Se tiver que falar português, não tem problema. Aprendo rápido.
Como foi essa história de sua assistente que a teria envenenado?
Bem, logo depois que a investigação começou, a polícia a diagnosticou como psicopata. Obviamente não sabíamos. Era minha assistente pessoal. Envenenou minha mãe, meu filho de dois anos, minha sobrinha Fabiana de oito anos, a filha de uma amiga da Venezuela que estava aqui, de dez anos, minha relações públicas, meu chofer e minha empregada Lorena. Envenenou no total nove pessoas.
E como descobriram?
Todos começamos a passar mal, menos ela. Ela se recusava a comer lá em casa. Meu bebê ficou 24 horas sem fazer xixi. Tivemos náuseas, problemas estomacais, respiratórios. Quase tive um infarto. Então fizeram um monte exames e descobriram que tínhamos uma alta concentração de amônia no corpo. Ela nos envenenava com cloreto de amônia. É usado como fertilizante e para revelar fotografias. Ela colocava na comida em pequenas doses. Minha mãe cozinha muito e guardava na geladeira. Ela colocava nas bebidas, na mamadeira do meu filho.
Parece história de novela...
Pois é, mas é bem real. E o pior é que conseguimos todas as provas e ela ficou presa apenas dois anos e meio. Mas a Justiça mexicana é muito ruim. E essa moça, María Celeste, tinha cinco advogados de defesa, todos pagos por Carmen Salinas, uma atriz mais velha daqui. Muito má.
Mas vocês são inimigas?
Esta senhora sempre me odiou, mas nunca fiz nada a ela. Estamos muito afetados como família e com a injustiça. Como uma mulher que envenena crianças pode estar solta?
Você quer mandar uma mensagem a seus fãs?
Sim. Que os amo de todo coração. Que me sigam no Twitter @gabyspanic para interagirmos mais de perto. E muito obrigado pelo apoio, pois sempre estão comigo nas boas e nas más horas.


                                 As personagens PAULINA MARTINS E PAOLA BRACHO !



BEIJOS AMADOS E ATÉ A PRÓXIMA !!!!

MAURO CARRARO FRANCISCON

11 comentários:

  1. que leeeegal! adoro ela, e adorei ler essa entrevista hahahah

    Beijos
    Blog | Divulgue seu sorteio | Divulgue seu post no meu blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha tia é xonada por ela, assisti a novela todos os dias e depois vai assistir no yt kk Beijoooos

      Excluir
  2. Ela parece ser super simpática.
    E não sabia dessa história do envenenamento. Essa mulher deveria estar presa.
    Parece coisa de novela mesmo.
    Beijos, Aline
    http://24diasdeprimavera.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. então eu também não sabia dessa história só fiquei sabendo por causa do nosso colaborador Mauro, fiquei de boca aberta quando li que ela estava solta.
      Beijos e obrigada pela visita.

      Excluir
  3. Caramba Tabatinha, estou chocada! Eu adorava a novela, e até assisti na ultima reprise, e não fazia ideia de que ela e a família tinham sidos envenenados. a policia do méxico deve ser mesmo muito ruim. E a emissoras de tv, pior ainda, por da emprego em uma novela a uma psicopata ex presidiária. Aff... Passo longe do Méxicooo.

    Xoxo! :) ** ❤
    Meu Mundo Fashion | Sorteio 5 livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então acho que esse negocio do envenenamento só ficou sabendo quem realmente é fã ou quem assisti jornal 24 horas por dia. Achei ridiculo uma pessoa envenenar 9 pessoas e ficar presa só 2 anos e ainda mais depois virar atriz *Como pode uma coisa dessas ?*
      Mas mesmo assim morro de vontade de conhecer o México.
      Beijos

      Excluir
  4. "Você quer mandar uma mensagem a seus fãs?
    Sim. Que os amo de todo coração. Que me sigam no Twitter @gabyspanic para interagirmos mais de perto. E muito obrigado pelo apoio, pois sempre estão comigo nas boas e nas más horas." Te amamos também, mi Gaby... e SEMPRE estaremos ao teu lado! "En las buesnas y en las malas" como vc msm diz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo que parece temos uma super fã aqui no blog :) Obrigada pela visita flor

      Excluir
  5. Gabriela Spanic tenho orgulho de ser fã dessa mulher,que alem de ser linda e talentosa tem um carisma e um grande carinho pelos fans,sou fã a 14 anos da Gaby,e sempre estarei com ela em todos os momentos,foi um sonho realizado conhecer ela pessoalmente,é encantadora e merece todo respeito,carinho e dedicaçao,é um exemplo de pessoa,um grande ser humano,e ela e sua familia,principalmente seu filho merecem todo o amor,me sinto orgulhosa vendo quando reconhecem seu trabalho,obrigada por esta maravilhosa entrevista

    ResponderExcluir
  6. minha esposa curti muito a novela

    ResponderExcluir
  7. minha esposa curti muito a novela

    ResponderExcluir

Não esqueça de comentar :)